A Ordem Demolay No Brasil

 

A Ordem DeMolay não é uma religião, nem tem preferência por nenhuma delas. Cada membro é respeitado em suas convicções e é incentivado segui-las, participando das atividades de sua formação religiosa sem qualquer interferência. A Ordem DeMolay visa somente reforçar em seus membros a reverência em uma entidade Superior.

 


A Ordem DeMolay não é Maçonaria, nem uma organização para-macônica. A maçonaria patrocina os capítulos para que esses tenham acomodações e supervisão em suas reuniões. Essas reuniões são supervisionadas por um grupo de Maçons e DeMolay´s (Seniores) chamado Conselho Consultivo, que por terem mais experiências de vida podem guiar e ajudar nas tomadas de decisões e escolhas do grupo.

 

 

Fundação

 

O Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) foi instalado em 12 de abril de 1985, por ocasião da assinatura de um tratado com o extinto International Supreme Council of Order DeMolay (ISC) de Kansas - EUA.

 

O tratado foi assinado pelos dois Grande-Mestres (presidentes): Alberto Mansur (Brasil) e Don Wright (EUA).

 

Esse tratado concedeu ao SCODB total soberania sobre a Ordem DeMolay em todo o território brasileiro, sob quaisquer aspectos. Dessa forma, junto com os Estados Unidos, Filipinas e Austrália, o Brasil e agora o Paraguai forma um seleto grupo países com Supremos Conselhos independentes.

 

História

 

O primeiro Capítulo DeMolay no Brasil foi fundado em 1980, na cidade do Rio de Janeiro, por Alberto Mansur, tendo como Mestre Conselheiro (presidente do Capítulo) seu filho, sendo logo seguido por Capítulos em Barra Mansa (RJ), Pelotas (RS) e Caicó (RN).

 

O International Supreme Council tinha como regra que um país poderia ter o seu próprio Supremo Conselho após fundar 25 Capítulos, o que no Brasil ocorreu em 1985, com a criação do SCODB após a fundação do Capítulo "Grande Rio", na cidade do Rio de Janeiro.

 

Em 1985 também foi fundada a primeira Corte de Chevaliers do Brasil (Corte Grão Mestre Arlindo dos Santos), no Rio de Janeiro, e em 1993 o primeiro Convento de Cavaleiros (Convento Sir Percival de Gales), na mesma cidade.

 

Em 1995 foi fundada a Associação de Seniores DeMolay do Brasil no Paraná, mais tarde alterado para Associação DeMolay Alumni Brasil.

 

Em 4 de novembro de 2006, o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil, com uma comitiva de mais de 40 pessoas se dirigiu para Assunção, capital do Paraguai para a presenciar e auxiliar nos trabalhos de Instalação do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Paraguai (SCODP), que conta com 5 Capítulos, 2 Conventos e 1 Távola de Escudeiros, efetivando assim a Ordem DeMolay no Paraguai.

 

Estrutura

 

A Ordem DeMolay apresenta um organização interna que é sumariamente descrita abaixo.

 

Diretoria executiva: Grande Mestre, Grande Mestre Adjunto, Grande Primeiro Conselheiro, Grande Segundo Conselheiro, Grande Tesoureiro, Grande Secretário

 

* Membros Efetivos: Grandes Dignatários, Grandes Oficiais (em número de 18), Presidentes de Grandes Comissões e Grandes Mestres Estaduais e Distrital

* Grandes Capítulos Estaduais: 27 subdivisões, incluindo o Distrito Federal

* Associação DeMolay Alumni: órgão dos membros que atingiram a maioridade (maior de 21 anos)

 

Unidades

 

A Ordem DeMolay apresenta-se além de uma hieraquia interna que parte de um nível mais baixo e cresce até um topo.

 

A Ordem DeMolay no Brasil tem vários corpos, que são responsáveis pela concessão e administração dos seus diferentes Graus (níveis de instrução):

Ordem dos Escudeiros 

Ordem Demolay.

Ordem dos Cavaleiros.

Legião de Honra.

Honraria de Chevalier.

 

Távola dos Escudeiros. (Garotos de 7 a 12 anos)

  As Távolas são dirigidas por Mestres Escudeiros.

   Grau Escudeiro.

 

Capítulo.

  Os Capítulos são dirigidos por Mestres Conselheiros.

   1º Grau Iniciático.

   2º Grau DeMolay.

 

Convento de Cavaleiros.

  Os Conventos são dirigidos por Ilustres Comendadores Cavaleiros.

   1º Grau de Cavaleiro.

   2º Grau de Cavaleiro da Capela

   3º Grau de Cavaleiro da Cruz de Salém.

   4º Grau do Ex-Templário.

   Grau Adicional Tableau.

   6º Grau da Tríade.

   7º Grau do Simbólico Cavaleiro do Ébano.

   8º Grau do Simbólico Cavaleiro do Anon.

   9º Grau de Cavaleiro da Cadência.

 

Corte de Chevalier. (Honraria)

 As Cortes são dirigidas por Grandes Comendadores Chevalier. 

  Chevalier

 

Preceptório da Legião da Honra. (Honraria)

 Os Preceptórios são dirigidos por Reitores.   

  Legionário

  

Grandes-Mestres

 

O Grande-Mestre é o nome dado ao presidente da instituição, e dirige a Ordem em conjunto com a Diretoria Executiva.

 

Mestres Conselheiros Nacionais

 

O Mestre Conselheiro Nacional é o jovem eleito no Congresso Nacional (CNOD) para representar os DeMolays durante o período de um ano. Não tem função executiva.